Desabilitar Preloader

Notícias

Últimas Notícias
Receba Novidades

Entrevista com David Zylbersztajn

2018-04-25

Entrevista

Há muitos anos, David Zylbersztajn acompanhava sua mãe, Elizabeth Zylbersztajn, durante sua estadia na Casa Geriátrica do Froien Farain. Como ela passou um bom tempo na instituição ele acabou convivendo bastante no local e passando vários momentos ali. Foi nessa mesma época, por conta da situação de sua mãe, que seu pai, Abram Zylbersztajn, também acabou frequentando muito a instituição. Desde então, ele vem criando essa conexão com o Froien Farain, considerando-o como uma “segunda casa”, tendo desenvolvido grande afinidade pela instituição e pela equipe. Recentemente, o senhor Abram Zylbersztajn precisou de cuidados especiais e a família não teve dúvidas sobre a quem recorrer. Quem nos recebeu para fazer um relato dessa experiência foi seu filho, David Zylbersztajn. Confira a entrevista.
.
Froien Farain – No início desse ano, seu pai precisou de cuidados especiais. O que levou vocês a optarem pelo Froien Farain como alternativa para a situação temporária que se apresentou à sua família?
.
David Zylbersztajn - Meu pai teria que ficar um tempo sozinho, pois sua esposa iria viajar por algum tempo. Para aproveitar esse momento, ele optou por realizar um procedimento cirúrgico e aproveitar o tempo sem a companhia de sua esposa para fazer sua recuperação no Froien Farain. Essa foi uma tomada de decisão que envolveu tanto nós, da família, como meu pai e seu médico. Todos acordamos que essa seria a melhor escolha.
.
Froien Farain – Do seu ponto de vista como familiar, qual é sua percepção do benefício dessa experiência?
.
David Zylbersztajn - Nós poderíamos realizar o cuidado pós-operatório em casa, mas as vantagens que o Froien Farain oferece pesaram bastante na decisão. O conforto, o cuidado e o acompanhamento médico foram providenciais para que meu pai se sentisse mais à vontade e que se recuperasse da melhor forma. Além de desse cuidado relacionado com a cirurgia, o apoio nutricional que ele recebeu foi muito importante para melhorar sua condição física. Além disso, se ele ficasse em minha casa, além de termos que mobilizar toda uma estrutura física e de pessoal para atendê-lo de forma apropriada por 15 dias apenas, ele provavelmente passaria o dia assistindo à televisão, sem nenhum tipo de socialização ou atividade.
.
Froien Farain - Como você acha que o seu pai percebeu essa experiência?
.
David Zylbersztajn - Fora os desconfortos do pós-operatório, a experiência do meu pai nos dias em que passou pelo Centro de Recuperação do Froien Farain foram ótimos. Ele se sente confortável na instituição e com a equipe. Segundo ele, foram dias tranquilos e sem problemas.
.
Assista aqui ao vídeo com o depoimento do David.
.
Leia o artigo "Sozinho no pós-operatório?"
.
Caso você tenha alguma necessidade familiar desse tipo, entre em contato conosco pelo site, pelo email contato@froienfarain.org.br ou ligue para (21) 2254.8295