Desabilitar Preloader

Notícias

Receba Novidades

Ana Roditi fala de seus desafios como Diretora de Comunicacão

2016-06-20

Entrevista

Entrevista com Ana Roditi Ventura

Formada em Comunicação Social pela UFRJ, Ana Roditi trabalhou por alguns anos como assessora de imprensa. Entre seus principais trabalhos de divulgação, estão os filmes “Olga”, de Jayme Monjardim, "Linha de Passe", de Walter Salles e Daniela Thomas, e "Mutum", de Sandra Kogut, além das novelas "Três Irmãs", de Antônio Calmon, e "Caras e Bocas", de Walcyr Carrasco, ambas exibidas pela Rede Globo. Após o nascimento de sua filha – e, posteriormente, de seu filho -, Ana passou a se dedicar integralmente à família. Ano passado, com os filhos um pouco mais crescidos, ela resolveu retomar aos poucos a sua atividade profissional, daí surgindo a ideia de trabalhar como voluntária na área de Comunicação do Froien Farain. Sua criatividade e capacidade resolutiva em variadas questões embasaram a sua indicação para a Diretoria de Comunicação da entidade, função que está adorando executar, como vocês verificarão na entrevista abaixo.
 
FF - Como teve início a sua ligação com o Froien Farain?
AR - Minha avó Frida Krutman sempre colaborou com o Froien Farain. A minha lembrança mais marcante foi no seu aniversário de 80 anos quando, em vez de presentes, pediu doações para a entidade. Achei o gesto lindo. Há cerca de 5 anos, minha tia Henriette Krutman tornou-se gestora da entidade, iniciando o processo de modernização institucional ainda em curso. Desde então, o envolvimento de toda a família aumentou, sendo que eu ingressei no quadro de voluntários, na área de Comunicação. O trabalho com a equipe dessa Diretoria culminou com minha indicação para o cargo de diretora da área.
 
FF - O que a motivou a assumir a Diretoria de Comunicação da instituição?
AR - Proporcionar dignidade aos mais velhos, principalmente os fragilizados. Muitos se lembram de crianças na hora de ajudar alguém; costumo brincar que criança é "pop", mas os idosos têm o direito de envelhecer com dignidade, e a sociedade ainda não está suficientemente sensibilizada para essa causa.

Image title

FF - Como pretende fazer a transição e seguir com o legado deixado pela diretora anterior, Sarita Schaffel?

AR - Ao assumir a Diretoria de Comunicação, a minha maior preocupação era fazer justiça ao magnífico trabalho desenvolvido pela Sarita, que foi - e ainda é - peça fundamental na interface do Froien Farain com a coletividade. Graças a ela, modernizamos nossa comunicação, passamos a utilizar diferentes mídias e canais para atingir o público-alvo, além de realizarmos campanhas criativas para suprir as necessidades mais imediatas da instituição, que administra não só a Casa Geriátrica, mas também desenvolve um virtuoso trabalho de assistência social. Minha intenção é dar continuidade a esse trabalho e tornar a Diretoria de Comunicação cada vez mais criativa e eficiente. Um belo exemplo foi a nossa última campanha, "Banho Sustentável, Energia Renovável", com um ótimo número de adesões e grande alcance.


  FF - O que você espera trazer de resultados durante o seu mandato?

AR - Queremos aproximar o Froien Farain da coletividade. Nosso próximo passo será a campanha "Você +1: Uma Corrente do Bem". A meta é trazer 200 novos associados em 2 meses para o Froien Farain. A campanha incentivará uma corrente do bem: cada sócio ou novo sócio motivará outra pessoa a se associar e, consequentemente, fazer o bem. Com menos de 1 real por dia, você pode se associar. Além de aumentar a renda mensal do Froien Farain, queremos chamar a atenção para a causa do idoso.