Desabilitar Preloader

Notícias

Receba Novidades

Relatos de Experiência - Danilo Epelbomi

2021-10-14

Depoimentos

Caras diretoras da Sociedade das Damas Israelitas,

Venho por meio deste e-mail agradecer por toda ajuda que me foi ofertada nos últimos anos. A tzedaká é um dos princípios éticos mais importantes do judaísmo e que melhor explica a força de nossa comunidade não só no Brasil, como ao redor do mundo. Mesmo que em pouquíssimo número e distribuídos por várias partes do planeta, nós, judeus, conseguimos nos fazer notar por onde quer que passemos e assim tem sido ao longo de séculos e séculos, superando as dificuldades de inúmeras diásporas através da consolidação de redes de apoio mútuo entre os nossos. 

 

A grandiosidade de nossa história e a própria preservação desta após tantos episódios de perseguições e êxodos forçados é explicada em grande medida através de iniciativas como a do Froien Farain. Um povo que não olha para os seus membros mais velhos, aqueles que foram responsáveis pela construção do nosso presente, não é capaz de garantir um futuro próspero para seus membros mais jovens. Tive o privilégio de aprender essa e outras várias lições ao longo dos anos que estive próximo da instituição - seja no período em que trabalhei na casa, seja pelo contato através da minha mãe. 

 

Assim como o Lar da Criança e o Projeto Kadima, o Froien Farain foi de importância vital na minha trajetória educacional e na minha formação enquanto judeu. Neste domingo, dia 10 de outubro, cheguei a Eretz Israel para começar a etapa mais importante da minha trajetória pessoal e profissional até aqui. Terei a oportunidade de mergulhar na cultura judaica mais do que nunca, conhecendo judeus do mundo inteiro e, inclusive, trabalhando com produção de conteúdo sobre judaísmo junto ao jornalista argentino Gabriel Ben-Tasgal, especialista em Oriente Médio.

 

Agradeço de coração a todos que contribuíram com essa viagem e há anos atrás com o início da minha graduação. Garanto que terão para sempre minha torcida e apoio no que estiver ao meu alcance. 

Carinhosamente,

Danilo Epelbomi